sábado, 2 de maio de 2009

The end (como nos filmes)

Ainda bem que não permiti
Que tatuasses meu nome.
Se tudo teria um fim,
Foi melhor assim.

Ainda bem que não chorei
Noites a fio por pensar
Que te iria perder,
Se tinha de acontecer.

O que ficou
É um doce recordar
Tudo o resto, o vento levou
Sabe-se lá para que lugar.

Sílvia Gonçalves

1 comentário:

Marta disse...

Eu sei que o vou perder, sei que é isto que tem de acontecer, no entanto, isso dá-me vontade de chorar, apesar de até agora ter conseguido conter essas lágrimas...
Como dizes, depois o que resta "É um doce recordar"!
Bjo