sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Sou feita de palavras e de imaginação



Ao tentar despregar-me da poesia
Correm-me lágrimas pelo rosto,
Pois ela é a minha alegria,
O meu maior pressuposto.

Se me obrigassem a parar de sonhar
Romperiam com o meu mundo
Porque quando estou a divagar
Busco o meu sonho mais profundo.

As frases correm-me na alma
Ainda que me revolte contra os papeis.
Elas conferem-me alento e calma
São as minhas amigas fiéis.

Proclamo o que sinto,
Disso ninguém pode duvidar.
O meu maior labirinto
É feito de imaginar.

Escrever é o meu maior bem.
É assim que vivo a vida,
Deixando de ser simples refém
E passando a pessoa activa.

Amo as virgulas, os pontos e as palavras.
Quem mas tira, tira-me o querer.
São o meu único conto de fadas
E permitem-me escrever!

Sílvia Gonçalves


2 comentários:

Pijaminha ^^ disse...

ola .. obrigada :P
e tu continuas sempre muito bem na escrita :)
Um optimo 2010 para ti
BeijinhOsS*

*_Clave de Sol_* disse...

E ve la se nao deixas de escrever, que eu bem preciso de ler!! ;P Bjoka